Investimentos em Engenharia de Produtos garantem padronização e qualidade aos modelos da Via Blumenau

11 de March de 2010 16:39 Seja o primeiro a comentar
Anúncios

Investimentos em Engenharia de Produtos garantem padronização e qualidade aos modelos da Via BlumenauInvestimentos em Engenharia de Produtos garantem padronização e qualidade aos modelos da Via Blumenau
Fotos de ViaBlu

Quem compra uma roupa através de catálogo ou pela internet precisa ficar atento a um detalhe importante: a modelagem. Alterações de padrões ou medidas na produção de uma peça podem fazer toda a diferença entre a satisfação pela escolha ou a frustração no momento de prová-la. Para ter certeza de que cada cliente receba exatamente aquilo que pediu a Via Blumenau, empresa líder na venda de artigos de vestuário por catálogo, investe em processos de Engenharia de Produto especialmente desenvolvidos para a área. A empresa vem investindo também na venda por internet, através do portal www.viablushop.com.br.

“Nossas peças são produzidas dentro da padronagem oficial aprovada pela ABNT, a Associação Brasileira de Normas Técnicas. Fazemos isso voluntariamente, mesmo sem obrigatoriedade legal. Queremos ter certeza de que o cliente receba em casa um artigo de acordo com sua percepção de tamanho e formato na hora da escolha”, assinala Marlete Jaques da Silva, supervisora de Engenharia de Produtos da Via Blumenau.

SATISFAÇÃO DO CLIENTE

Pesquisa do IBGE já mostrou que existem diferentes pesos médios entre as populações brasileiras. Uma moradora do Norte do País, por exemplo, pesa em média 56,5 quilos, contra 61,5 de uma moradora do Sul. No Sudeste, um homem urbano pesa 71,8 quilos, em média, contra 66,2 quilos de um morador da zona rural. Além disso, existem diferenças nos formatos, decorrentes do clima. Moradores de áreas quentes têm os corpos finos com membros superiores e inferiores longos. Nas regiões frias, o contorno do corpo é mais volumoso, o que facilita a conservação do calor.

Diante de todas as diferenças de compleição física existentes no Brasil, os fabricantes de roupas precisam ficar atentos à padronização de tamanhos. Os produtos da Via Blumenau são vendidos por catálogo ou pela internet. Os clientes não têm como provar as peças. Por isso, a Engenharia de Produtos da empresa desenvolve artigos com base na NBR 13377 da ABNT. Essa norma padroniza os tamanhos dos artigos do vestuário em função das medidas do corpo humano, tomando por base as variações de sexo e idade. A partir delas, são indicados os tamanhos para os diversos tipos de roupas, como camisetas, vestidos, blazers, paletós, agasalhos, calças, roupas íntimas e bermudas.

“Nossos produtos são exibidos sempre em fotos sendo vestidos por modelos, com as opções de escolha entre os tamanhos pequeno, médio e grande. O cliente pode visualizar o produto, escolhendo aquele que mais lhe agradar a partir das tabelas referenciais. Assim, tem a garantia de estar adquirindo um produto adequado para as suas características físicas”, assinala Marlete.

O PROCESSO DE MODELAGEM

A elaboração de uma peça de vestuário pela Via Blumenau passa por diversas fases até chegar ao consumidor final. O primeiro passo é dado pelo estilista, que desenha o produto. A partir de então o processo envolve a Engenharia de Produtos, que tem com tarefa transformar o desenho em realidade.

“É preciso levar em conta vários fatores no decorrer do processo, como conforto, funcionalidade, durabilidade e facilidade de conservação. O produto precisa ser avaliado sob diversos enfoques, sendo testado em várias situações que simulam o cotidiano do consumidor. Somente depois de toda uma bateria de testes ele é aprovado, com a liberação de uma ordem de produção”, acrescenta Felipe Dias, diretor comercial da Via Blumenau.

Depois que uma peça sai do Departamento de Criação, é remetida para a área de Desenvolvimento Técnico, que detalha todas as especificações técnicas. As informações são enviadas para a Modelagem, que desenvolve um molde. No total, uma nova peça passa por nove estágios até ser aprovada.  “Testamos tudo. Cada peça sofre puxões e esticamentos. Ela é lavada, enxaguada e passada a ferro. Também verificamos seu encolhimento e testamos a resistência das cores”, informa Dias.

Todos os artigos de vestuário comercializados pela Via Blumenau através de catálogos e do portal www.viablushop.com.br são de fabricação própria, o que facilita a identificação com o comprador. “Quem consome nossos produtos tem a garantia de que são feitos dentro de uma padronagem específica, sem variações, com as mesmas características de conforto, durabilidade e variação de tamanho. Os investimentos feitos em Engenharia de Produtos garantem que esses diferenciais estejam presentes em todos os nossos artigos”, finaliza o diretor

Investimentos em Engenharia de Produtos garantem padronização e qualidade aos modelos da Via Blumenau


Tags:
Loja Fashion Bubbles